19 outubro 2021 4:10 am
23.3 C
Rio Branco
19 outubro 2021 4:10 am

Vereador Joaquim Florêncio é preso pela Polícia Federal

Com os suspeitos, a Polícia Federal apreendeu cerca de 60 quilos de carne silvestre, além de arma de fogo. Todos foram levados para a Superintendência da Polícia Federal, na Via Verde. Florêncio, contudo, não permaneceu preso porque pagou mais de R$ 2 mil em fiança e foi liberado.

Notícias da Hora
- Publicidade-

O vereador de Rio Branco, Joaquim Florêncio (PDT), foi preso neste domingo, dia 29, em flagrante, numa área de reserva extrativista na capital acreana. Também foram detidas outras três pessoas que estavam com o vereador, todos eles por prática de caça ilegal.

Com os suspeitos, a Polícia Federal apreendeu cerca de 60 quilos de carne silvestre, além de arma de fogo. Todos foram levados para a Superintendência da Polícia Federal, na Via Verde. Florêncio, contudo, não permaneceu preso porque pagou mais de R$ 2 mil em fiança e foi liberado.

Em entrevista à imprensa local, Florência deu mais de uma versão sobre a prisão. Primeiro negou toda a história. Num segundo momento, contraditoriamente, alegou que entrou na Fazenda Talismã para deixar uma pessoa e deu carona de volta aos caçadores. Depois, acabou dizendo que ele próprio pegou carona com os caçadores.

“Não fui preso não. Estou falando a verdade. Só estava junto com os meninos que vinham trazendo bicho do mato. A arma que eles tinham estava com o documento não renovado”, e se contradisse sobre a fiança que pagou para não ficar preso: “tive que pagar pra ficar de boa”, alegou.

Ainda segundo o vereador, ele simplesmente foi vítima do destino. “Simplesmente eu estava no canto errado e na hora errada. Peguei uma carona com eles”, completou o vereador, que deu três versões sobre o assunto.

2

Por Notícias da Hora

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS