12 outubro 2021 3:35 pm
33.3 C
Rio Branco
12 outubro 2021 3:35 pm

Sobe para 33 número de casos notificados de síndrome associada à ‘doença da urina preta’ no AM

O Amazonas registrou mais sete notificações de casos de rabdomiólise – síndrome associada à ‘doença da urina preta’, neste domingo (29), segundo a Vigilância em Saúde. Ao todo, são 33 casos da síndrome notificados no estado.

G1
Itacoatiara, Manaus, Caapiranga e Autazes registram casos
- Publicidade-

O Amazonas registrou mais sete notificações de casos de rabdomiólise – síndrome associada à ‘doença da urina preta’, neste domingo (29), segundo a Vigilância em Saúde. Ao todo, são 33 casos da síndrome notificados no estado.

Cidades com notificação:

  • 29 em Itacoatiara (sendo um óbito)
  • dois em Manaus
  • um em Caapiranga
  • um em Autazes.
  • A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) informou que segue realizando a investigação epidemiológica do surto.

“Todos os casos notificados podem estar associados à ingestão de peixes. Ainda não há consenso no meio científico sobre a toxina que contamina os pescados. A Vigilância está se concentrando em detectar precocemente os casos e monitorar para que haja o manejo clínico adequado para os pacientes”, disse o diretor-presidente da FVS-RCP, Cristiano Fernandes.

Das sete novas notificações registradas, cinco são de Itacoatiara, uma de Manaus e uma de Autazes.

Neste domingo (29), seguem internadas 18 pessoas, sendo duas pessoas de Manaus, uma de Caapiranga, uma de Autazes e 14 pessoas de Itacoatiara (12 adultos e duas crianças). Os demais pacientes receberam alta hospitalar.

Segundo a FVS, os pacientes internados estão clinicamente estáveis.

Rabdomiólise

A rabdomiólise é uma síndrome clínico-laboratorial que decorre da lesão muscular com a liberação de substâncias intracelulares para a circulação sanguínea.

Ocorre normalmente em pessoas saudáveis, na sequência de traumatismos, atividade física excessiva, crises convulsivas, consumo de álcool e outras drogas, infecções e ingestão de alimentos contaminados, que incluem o pescado. O quadro clínico da doença pode incluir elevações assintomáticas das enzimas musculares séricas (creatinina-fosfoquinase – CPK).

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS