Rio Branco,

aaa

Sexo a três com cola epóxi termina em morte de homem

Ideia era fazer sexo a três, mas uso de 'equipamento' inusitado acabou causando tragédia. Há denúncia de uso de drogas também

NDmais
- Publicidade-

Uma noite de embalo sexual custou caro para um homem de 25 anos, que levou sua noiva e outra mulher para um hotel. Empolgado com a noitada, ele esqueceu de levar preservativo, mas achou de usar a criatividade. Resolveu inventar e aplicar um adesivo epóxi forte no pênis, como proteção antes de fazer sexo.

Identificado como Salman Mirza, ele passou mal e acabou morrendo, sem conseguir realizar seu intento. A história toda foi publicada no jornal “The Times of India”, na edição da última terça-feira (24). De acordo com a polícia, Salman foi encontrado inconsciente e levado a um hospital, onde acabou morrendo.

Amigos de Salman afirmam que a noiva o instigaram a usar drogas, o que também teria causado a reação à substância usada pelo jovem. Além isso, a ideia de usar o adesivo no pênis teria sido dela.

Diante de todas as versões dessa história bizarra, apenas após um exame a polícia terá informação da causa da morte do garanhão epóxi. Acredita-se, no entanto, que a inalação de substância tóxica da cola, somada ao efeito das drogas, o teriam matado.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS