Rio Branco,

aaa

Famosas se encontram em restaurante e sem no tapa: “Biscate”; briga foi gravada, ASSISTA!

Bem conhecidas no Instagram, duas famosas influenciadoras digitais saíram no tapa diretamente de um restaurante de São Paulo.

RD1
Bem conhecidas no Instagram, duas famosas influenciadoras digitais saíram no tapa diretamente de um restaurante de São Paulo.
- Publicidade-

Na ocasião, Luana Dellevedove e Ingrid Analla estavam no mesmo local e Ingrid fez questão de expor tudo que aconteceu em seu perfil no Instagram.

“Quem é a biscate?”, perguntou a moça, avançando em cima da sua rival e sendo agredida com um machucado na testa: “Que legal ser agredida no restaurante”.

Por fim, ela explicou a situação ao público que a acompanha nas redes sociais:

“EU ESTAVA JANTANDO E DESCOBRI QUE TINHAM UNS AMIGOS MEUS QUE TAMBÉM ESTAVAM ALI PARA JANTAR. ENTÃO, FUI LÁ. NISSO, DEI DE CARA COM UMA PESSOA QUE FICA INFERNIZANDO A MINHA VIDA HÁ UNS DOIS MESES. E ELA FOI SUPER FALSA COMIGO. FALOU ‘OI’, EU RESPONDI, E FUI CUMPRIMENTAR UM AMIGO MEU QUE ESTAVA LÁ NA MESA”.

“Nisso, ela começou a falar que eu era p*ta, que tinha perdido a guarda da minha filha, me chamou de biscate… Aí pensei em gravar para todo mundo ver o nível dessa pessoa. Então falei: ‘Quem é a biscate?’. Aí ela levantou e veio me agredir. Super descontrolada”, completou.

A briga deu o que falar nas redes sociais. Porém, muitas vezes, nem tudo é o que parece ser. De acordo com o colunista Leo Dias, por trás dos famosos perfis de fofocas que divulgam esse tipo de coisa, há uma verdadeira máfia. Segundo a reportagem, agências de mídia comandam a chamada “banca digital”, com perfis que possuem força suficiente para levantar ou derrubar qualquer famoso, chegando a cobrar até R$ 200 mil para a prestação do serviço.

As publicações são feitas em formato de notícia, mas são pagas e bancadas pelos próprios artistas. Exemplo disso foi quando uma atriz da Globo quis divulgar a sua transformação de cabelo. A tal banca cobrou cerca de R$ 20 mil e o valor cobrado para os famosos chegam até R$ 50 mil. Para publicidade com marcas, porém, os valores podem chegar a R$ 200 mil.

Famosos que sempre aparecem nessas páginas são os que mais pagam. As gravadoras que querem bombar o lançamento dos seus artistas também fazem esse tipo de acordo com os perfis.

O objetivo é fazer as notícias parecerem mais relevantes do que realmente são e irem parar nos grandes sites de forma orgânica. Há famosos que fecham parcerias para, assim, conquistar mais público.

Consequentemente, eles ganham novos seguidores e audiência para os seus perfis comerciais cobrarem mais caro. Leo Dias ainda fez questão de expor quais perfis fazem parte do tal cartel:

“ESTÃO: TRICOTEI, CENTRAL DA FAMA, GOSSIP DO DIA, MIGASUALOCA, SUBCELEBRITIES, XUXANANAVE, CUTUCADAS, BABADOS, RAINHA MATOS, GAROTXDOBLOG, ALFINETEI, NAZARÉ AMARGA, CHOQUEI E FOFOQUEI”.

Murilo Henare é o responsável pela Banca Digital e, ao ser bombardeado com as críticas dos internautas que descobriram tudo, resolveu desativar o seu perfil no Instagram.

Um dos internautas que o criticaram, por exemplo, disparou:

“Isso é gravíssimo. Tem que ser investigado e punido. Essas páginas, por dinheiro, incitam o ódio e todo esse linchamento virtual, que vem de pessoas mais despreparadas ainda que acham que pode comentar, julgar e condenar em tudo, sem nem saber se é fato ou fake. Esse BBB esteve aí pra mostrar isso. Vimos pessoas sendo condenadas… Publicações tendenciosas que levam o rebanho a sair comentando sem responsabilidade”.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS