Rio Branco,

Uma ação de fiscalização realizada na madrugada deste domingo (11) fechou uma casa noturna na região central de Porto Velho.

Uma ação de fiscalização realizada na madrugada deste domingo (11) fechou uma casa noturna na região central de Porto Velho.

G1 RO
Estabelecimento localizado na região central não tinha alvará do Corpo de Bombeiros para funcionar. Empresa foi notificada e interditada
- Publicidade-

Uma ação de fiscalização realizada na madrugada deste domingo (11) fechou uma casa noturna na região central de Porto Velho. O flagrante foi feito através da ‘Operação Prevenção’.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a boate não tinha alvará dos bombeiros para funcionar e no interior do estabelecimento haviam centenas de jovens, todos sem máscaras e sem distanciamento social.

Após o flagrante, os jovens foram retirados do local e a casa noturna interditada pelo Corpo de Bombeiros.

Ainda durante a madrugada deste domingo, a equipe de fiscalização interditou outro estabelecimento, mas dessa vez na Zona Norte.

De acordo com a corporação, o estabelecimento não tinha ajustes no projeto arquitetônico para poder funcionar para tal finalidade, e também estava excedendo o número de pessoas permitidas (conforme decreto).

O 2° sargento do Corpo de Bombeiros, Tijoio Pedrosa de Souza, informou que os dois estabelecimentos foram notificados por não terem a documentação necessária junto à corporação.

‘Operação Prevenção’

A operação, que visa manter a prevenção de enfrentamento à pandemia causada pelo coronavírus, foi retomada na sexta-feira (9) pelo governo de Rondônia, através da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec).

Na madrugada de sábado (10) os bombeiros flagraram movimentação expressiva de pessoas em bares da capital.

“Além disso, em muitos estabelecimentos, o público não se atentou quanto ao uso obrigatório da máscara facial e nem o distanciamento social. O cenário foi considerado delicado, com pessoas embriagadas, sem fazer maior esforço para cooperar com as equipes”.

Uma pessoa, embriagada, chegou a desacatar as equipes que faziam a fiscalização dos bares na cidade e acabou sendo detida.

As autoridades pedem que a população denuncie festas e aglomerações em casas noturnas. As denúncias anônimas podem ser feitas pelo telefone 190 (da PM), 193 (dos Bombeiros) e 197 (da Polícia Civil).

Segundo a Sesdec, a operação conta com a parceria de equipes da Polícia Militar (PM), Polícia Civil (PC), Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), Superintendência Estadual de Comunicação (Secom), Programa de Orientação, Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran) e a Prefeitura de Porto Velho, por meio do Departamento de Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e Subsecretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb).

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img