Rio Branco,

Ônibus e caminhão-tanque colidiram em linha reta e um dos motoristas pode ter dormido

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que a colisão entre um ônibus e um caminhão-tanque, nesta quarta-feira (13), aconteceu em uma linha reta da BR-364 e em um trecho onde não há buracos na pista.

G1 RO
Ainda segundo PRF, na região em que ocorreu o acidente não há buracos na pista. Quatro corpos foram levados para o IML de Porto Velho
- Publicidade-

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que a colisão entre um ônibus e um caminhão-tanque, nesta quarta-feira (13), aconteceu em uma linha reta da BR-364 e em um trecho onde não há buracos na pista. O acidente foi entre Itapuã do Oeste e Porto Velho e terminou com 4 mortos 16 feridos.

Como não há curvas no local onde os dois veículos se chocaram de frente, a polícia acredita que um dos motoristas possa ter dormido ao volante, pois ainda era madrugada no momento do acidente.

Ainda segundo a PRF, houve uma explosão após os veículos colidirem. O condutor do ônibus, identificado como Élcio Ferreira Jordão, morreu carbonizado na hora. Já o motorista do caminhão-tanque foi retirado da cabine por uma testemunha que passava pela rodovia.

O motorista Élcio havia saído com o ônibus da prefeitura de Buritis, de madrugada, para transportar pacientes até a capital do estado. No ônibus estavam mais 22 pessoas, sendo 13 pacientes e 9 acompanhantes.

Élcio Ferreira Jordão, motorista de ônibus que morreu em colisão na BR-364 — Foto: WhatsApp/Reprodução

Élcio Ferreira Jordão, motorista de ônibus que morreu em colisão na BR-364 — Foto: WhatsApp/Reprodução

Após a colisão, três dos pacientes acabaram morrendo carbonizados. Os nomes deles ainda não foram divulgados.

Perícia e IML

No fim da manhã desta quarta-feira, os peritos da Polícia Técnico-Científica foram enviados ao local do acidente para coletarem elementos e provas que podem indicar a causa do acidente.

Logo depois, os quatro corpos foram enviados para o Instituto Médico Legal (IML) de Porto Velho.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img