Rio Branco,

aaa

O dinheiro transformou Sikêra Jr. no retrato do ódio na TV

O brasileiro é tolerante e entende as diferenças. O brasileiro nada tem a ver com Sikêra Jr

Metrópoles
- Publicidade-

Sabe aquele ditado… Dê dinheiro e poder à pessoa que você a conhecerá de verdade? Foi o que aconteceu com Sikêra Jr. Se há alguma coisa ou pessoa da qual a TV brasileira tem motivos de sobra para se envergonhar, esse alguém é o apresentado por Sikêra Jr.

Usar um espaço em um veículo de comunicação para incitar a intolerância, o ódio e a violência é um desserviço sem tamanho. Sikêra sempre usou um tom mais estridente para chamar atenção. Até aí, era divertido. Mas nunca exagerou tanto como agora.

É o efeito do dinheiro na vida dele. Ganhando uma fortuna mensal, ele passou a se achar acima do bem e do mal, ou melhor, ele se achou no direito de propagar o mal. E a tática é sempre a mesma: usa como argumento a família, Deus e as crianças. Uma tática típica de gente que quer persuadir os menos instruídos.

O ataque de ódio poderia ser contra nordestinos, negros, mulheres… mas foi contra gays. A própria RedeTV! se envergonhou da atitude de seu apresentador. Não tem dinheiro que pague o que Sikêra Jr. fez à emissora. Ele colocou em cheque anos de respeito à diversidade, ao diferente de si, ao novo.

Diretores e acionistas se envergonharam e sabem que as consequências serão duras em tempos já difíceis. O alento é que a audiência desse senhor não para de cair. O brasileiro é tolerante e entende as diferenças. O brasileiro nada tem a ver com Sikêra Jr.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS