Rio Branco,

aaa

MP detecta suposta improbidade administrativa na gestão de Ederaldo Caetano

Redação Ecos da Notícia
- Publicidade-

Nesta quarta-feira, 29, o Ministério Público do Estado do Acre (MP-AC), decidiu abrir uma investigação contra um suposto ato de improbidade administrativa cometido pelo ex-prefeito de Acrelândia, Ederaldo Caetano.

A promotoria destacou que chegou ao conhecimento do órgão, por meio de dados do Tribunal de Contas do Estado (TCE), relatos de possíveis irregularidades na gestão de Caetano, referentes ao processo 24317201810 em que se constatou aumento de despesa total com pessoal acima do limite máximo estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), no 3º quadrimestre de 2017.

O MP constatou que há indícios de danos ao erário, o que configura ato de improbidade administrativa.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS