Rio Branco,

De onde são os mercenários estrangeiros presos pelo assassinato do presidente do Haiti

Um grupo composto em sua maioria por ex-soldados colombianos assassinou o presidente do Haiti, Jovenel Moïse, no início desta semana, informou a polícia haitiana.

CNN BRASIL
O esquadrão da morte é composto por 26 colombianos, identificados pelo passaporte, e dois americanos de origem haitiana
- Publicidade-

Um grupo composto em sua maioria por ex-soldados colombianos assassinou o presidente do Haiti, Jovenel Moïse, no início desta semana, informou a polícia haitiana.

O esquadrão da morte é composto por 26 colombianos, identificados pelo passaporte, e dois americanos de origem haitiana, disse o chefe de polícia Léon Charles aos repórteres.

“Os estrangeiros vieram ao nosso país para matar o presidente”, afirmou.

Segundo Charles, 15 colombianos foram capturados, além dos dois haitianos americanos, identificados como James Solages e Joseph Vincent.

Três dos agressores morreram durante troca de tiros com a polícia na capital haitiana, Porto Príncipe, e oito escaparam, disse ele.

“Vamos fortalecer nossa investigação e técnicas de busca para interceptar os outros oito mercenários”, acrescentou.

As autoridades divulgaram um vídeo que mostra 15 homens algemados sentados no chão contra a parede, enquanto a polícia coloca objetos apreendidos sobre uma mesa.

Entre os objetos, estão munição, dólares, fuzis de assalto, facões, rádios de comunicação bidirecional, alicate de corte, colete à prova de balas, duas placas de veículos de aluguel e vários telefones celulares.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img