Rio Branco,

aaa

Servidores da saúde deflagram greve na saúde por tempo indeterminado: “As condições de trabalho não são adequadas”

Redação Ecos da Notícia
- Publicidade-

Teve início na manhã desta segunda-feira, 14,em frente à Fundação Hospitalar do Acre (Fundhacre), a greve geral da categoria. No decorrer do dia, os servidores farão uma carreata pelas ruas de Rio Branco e encerram com um ato em frente ao Palácio Rio Branco, onde ficarão concentrados.

Mas, o presidente do Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed-AC), Guilherme Pulici, disse que serviços tido de Urgência e Emergência não serão prejudicados e tampouco o atendimento para casos covid-19.

Pulice, afirmou que a pandemia da covid-19 escancarou os defeitos da saúde no Acre. “Eu acho que a pandemia escancarou todas as feridas que os profissionais enfrentam e a população também que necessita do atendimento desses profissionais”.

Segundo ele, “as condições de trabalho não são adequadas, faltam insumos básicos, estrutura mínima para atender as pessoas que buscam atendimento”.

“Não dá mais para tolerar. As condições são péssimas e os direitos dos profissionais estão sendo subtraídos, lutamos por direito. Não pedimos aumento e sim de resgate de direitos que foram retirados paulatinamente em governos passados, mas que foi prometido pelo governador Gladson”, afirmou

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS