Rio Branco,

Seca no Acre neste verão será moderada a severa, diz estudo

AC 24 Horas
- Publicidade-

O Ministério da Ciência e Tecnologia divulgou nesta sexta-feira (25) o Índice de Intensificação da Seca (IIS) observado para o mês de maio e junho no País. O ISS apontou a intensificação da seca em grande parte da região Norte, em relação ao mês anterior, com destaque para o Estado do Acre. Nos dois modelos utilizados para construir o IIS, o MCT vê a situação do Acre em condição de ´moderada a severa´ de seca.

No primeiro modelo, a maior parte do território acreano terá seca moderada caso tenha chovido 30% abaixo da média histórica neste mês de junho. Se ocorrer o contrário – chover 30% acima da média -a seca poderá ser considerada severa.

Os níveis dos rios estão muito baixos, segundo relatório da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, em grande parte abaixo da cota de alerta. O Rio Abunã mede apenas 0,65 centímetros em Plácido de Castro.

A situação é grave em várias regiões do País. Segundo o estudo do MCT, o estado do Tocantins apresentou risco moderado da seca na agricultura para o plantio realizado em maio. Na Região Nordeste, observou-se a intensificação da seca, principalmente nos estados do Maranhão, Piauí e oeste da Bahia e o risco moderado da seca na agricultura para o plantio realizado nestes estados.

Em relação ao Centro-Oeste, houve intensificação da seca no norte do Mato Grosso e no sudoeste do Mato Grosso do Sul, além de risco moderado de seca na agricultura para o plantio realizado em maio, no Distrito Federal.

Enquanto na Região Sudeste, a intensificação da seca foi observada em grande parte dos estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro. O estado de Minas Gerais apresentou risco moderado da seca na agricultura para o plantio realizado no mês de maio. Por outro lado, houve enfraquecimento da seca em grande parte da Região Sul e condições favoráveis para o plantio realizado no mês de maio nesta região.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img