17 outubro 2021 3:32 am
21.3 C
Rio Branco
17 outubro 2021 3:32 am

Presidente Nicolau Júnior recebe pedido de comerciantes acreanos para suspensão de feriados estaduais em dias úteis

Agência Aleac
- Publicidade-

Na manhã desta terça-feira (29) o presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (PP), recebeu o presidente da Associação Comercial do Acre, Marcelo Moura e o advogado Marcelo Zamora, para tratar sobre a suspensão de todos os feriados estaduais deste ano. O pedido partiu dos comerciantes associados, em virtude das medidas restritivas que tiveram que ser adotadas devido a da pandemia da Covid-19.

Marcelo Moura, que falou representando os empresários, alega que muitos segmentos do comércio tiveram que ficar de portas fechadas para cumprir as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), o que acarretou em endividamento do empresariado. Ele salienta que essa medida pode salvar empresas, empregos e a arrecadação fiscal.

“A capacidade de endividamento está saturada, há a necessidade de maior flexibilidade, sobretudo para evitar a falência de muitas atividades comerciais em nosso Estado. A manutenção de todos os feriados estaduais irá impactar no comércio e, então, na economia acreana em geral, a medida em que as perdas de faturamento de 2020 e até o momento têm sido consideráveis”, justificou Marcelo Moura.

“Nós entendemos que estamos vivendo um ano atípico devido a pandemia, e por isso temos que assegurar que os empregos sejam mantidos. Os comerciantes sofreram com as medidas adotadas nesse período e não tem mais como continuarem tendo prejuízos, então pensamos que alguns feriados sendo cancelados podem sim ajudar o setor empresarial a recuperar o mínimo do que já foi perdido”, pontuou Nicolau Júnior.

Atualmente está em discussão em âmbito nacional outros projetos com pedido semelhante ao que foi feito, para a suspensão ou adiantamento dos feriados estaduais para dias não úteis, visando a recuperação econômica. O presidente Nicolau Júnior leu a matéria durante expediente da sessão de hoje e a mesma será debatida nas comissões da Casa Legislativa.

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS