Rio Branco,

aaa

“Passarinho verde contou que fui traído”, diz homem após matar mulher

Preso em flagrante após matar a companheira a facadas, Valdemir Pereira da Silva Júnior (foto principal), 30 anos, deu detalhes sobre a sua versão dos fatos ao policiais.

METRÓPOLES
Ele foi detido pela Polícia Militar e conduzido à 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina), responsável pela investigação
- Publicidade-

Preso em flagrante após matar a companheira a facadas, Valdemir Pereira da Silva Júnior (foto principal), 30 anos, deu detalhes sobre a sua versão dos fatos ao policiais. O homem relatou que descobriu por “um passarinho verde” que havia sido traído pela mulher, Leidenaura Moreira Rosa da Silva, 37 anos. Ele foi detido pela Polícia Militar e conduzido à 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina), responsável pela investigação.

Segundo Júnior, o casal estava junto havia nove anos. O homem detalhou que, no sábado (5/6), o casal estava bebendo na casa do vizinho, quando escutou a sua esposa falando dele para os convidados. O homem disse que percebeu algo estranho, pois os colegas olhavam para ele e sorriam. Entretanto, não entendia o motivo.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS