Rio Branco,

MP Eleitoral pede multa a Bolsonaro por propaganda antecipada

O Antagonista
- Publicidade-

O Ministério Público Eleitoral pediu que o TSE multe o presidente Jair Bolsonaro e outras autoridades por propaganda antecipada.

Nesta sexta-feira, como mostramos, o presidente transformou a entrega de títulos de propriedade rural em Marabá, no Pará, em um comícioO evento foi transmitido ao vivo na TV Brasil.

Bolsonaro ergueu uma camiseta com seu slogan de campanha: “É melhor Jair se acostumando. Bolsonaro 2022.”

Para o vice-procurador-geral eleitoral, Renato Brill de Góes, “houve claro ato consciente de antecipação de campanha”, o que é proibido pela legislação eleitoral.

Na ação, o vice-PGE também requer a aplicação de multa por uso indevido da máquina pública a outras autoridades que participaram do evento, como o deputado federal Joaquim Passarinho e o secretário especial de Assuntos Fundiários, Luiz Antônio Nabhan Garcia.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img