Rio Branco,

aaa

Governo anuncia pagamento de vale-gás no valor de R$ 100

O governo de São Paulo lançou um novo programa social, o vale-gás no valor de R$ 100. A medida tem como objetivo atender aproximadamente 500 mil cidadãos que estão em situação de vulnerabilidade social.

NOTÍCIAS CONCURSOS
A medida tem como objetivo atender aproximadamente 500 mil cidadãos que estão em situação de vulnerabilidade social.
- Publicidade-

O governo de São Paulo lançou um novo programa social, o vale-gás no valor de R$ 100. A medida tem como objetivo atender aproximadamente 500 mil cidadãos que estão em situação de vulnerabilidade social.

O benefício foi instituído a fim de ajudar as famílias a comprarem o item essencial para mantimento, visto que o preço do produto aumentou mais uma vez, chegando no valor de até R$ 125 em algumas regiões do Brasil.

A possibilidade do vale-gás surge devido a um investimento próximo a R$ 31,3 milhões, que será distribuído entre 82 municípios paulistas. O governador do Estado, João Dória, declarou que este é um dos programas mais importantes já lançados pela gestão.

“Quem não tem sabe o que é ter um botijão de gás para atender a uma família durante dois meses. Por isso estamos fazendo um programa para atender meio milhão de pessoas aqui no Estado de São Paulo. É um enorme esforço que estamos fazendo para ajudar quem mais precisa”, disse Doria

Em relação ao recebimento do benefício, terão direito as famílias inscritas no CadÚnico que não são beneficiárias do Bolsa Família, além de apresentar uma renda mensal per capita de até R$ 178. Os cidadãos interessados no programa, podem conferir mais detalhes acessando o site oficial.

Na plataforma, o interessado deve clicar na opção “Saiba se sua família foi inscrita no programa”, que está no final da página. Feito isto, abrirá uma página do portal Bolsa Povo, onde o cidadão deve inserir o número do NIS para conferir se está apto ou não a receber o vale-gás.

No geral, 104.340 famílias são consideradas elegíveis, devido a situação de pobreza e de extrema pobreza. Esses grupos residem em comunidades e em favelas caracterizados como aglomerados subnormais. Todas essas famílias receberão três parcelas de R$ 100 do benefício.

A expectativa do governo de São Paulo, é que a primeira parcela seja paga no dia 20 de junho. As outras devem ser distribuídas até dezembro de 2021.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS