Rio Branco,

Enem 2021 divulga aprovados para isenção da taxa de inscrição

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulga, nesta quarta-feira (9/6), o resultado preliminar dos aprovados nos pedidos de isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021.

Por METRÓPOLES
Resultado é preliminar; candidato que discordar da avaliação poderá apresentar recursos entre 14 e 18 de junho. Inscrições abrem em 30/6

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulga, nesta quarta-feira (9/6), o resultado preliminar dos aprovados nos pedidos de isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021.

Publicidade

Os candidatos que pediram para fazer a prova gratuitamente e tiverem tido o pedido negado poderão recorrer entre 14 e 18 de junho.

A resposta final vai ser divulgada em 25 de junho. O valor da taxa de inscrição é de R$ 85.

O resultado sairá na Página do Participante, no endereço https://enem.inep.gov.br/participante.

Segundo o edital, poderiam pedir isenção da taxa os candidatos:

  • Matriculados no último ano do ensino médio na rede pública em 2021
  • Que cursaram o ensino médio inteiro em escolas públicas ou como bolsistas integrais em instituições privadas (com renda mensal familiar per capita de até 1,5 salário mínimo)
  • Pessoas em vulnerabilidade econômica inscritas no CadÚnico
  • Quem teve isenção na edição anterior, mas faltou à prova, precisou justificar a ausência para continuar tendo acesso ao benefício

Todos os candidatos, mesmo aqueles que tiveram a isenção aprovada, precisam se inscrever no exame. As inscrições abrem em 30 de junho e seguem até 14 de julho. As provas, tanto impressas como digitais, serão realizadas em 21 e 28 de novembro.

Veja as datas do Enem 2021:

  • Inscrições: 30/6 a 14/7
  • Pagamento da taxa: até 19/7
  • Prazo para pedir atendimento especializado: 30/6 a 14/7
  • Prazo para pedir tratamento pelo nome social: 19 a 23/7
  • Provas: 21/11 e 28/11

O exame deste ano passou por incertezas, após cortes no Orçamento anual, que afetaram principalmente o Ministério da Educação.

Segundo o edital, “o participante que se ausentou na edição do Enem 2020, que teve a oportunidade de apresentar justificativa de ausência e teve sua solicitação de isenção da taxa de inscrição para o Enem 2021 deferida deverá também efetuar sua inscrição para edição do Enem 2021”.

A nota do Enem é usada para disputa de vagas em universidades públicas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Também é critério para programas de acesso ao ensino superior privado, como o Prouni, que oferece bolsas de estudo, e o Fies, que concede crédito para pagar mensalidade com juros zero ou reduzidos.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade