Rio Branco,

Como descobrir um vírus no seu celular? Siga estes 7 passos…

TILT, UOL
- Publicidade-

O seu celular está lento, alguns aplicativos vivem travando ou programas que você nunca ouviu falar começaram a aparecer no aparelho? Se a resposta for sim, o seu telefone pode estar com vírus. E o risco aumenta se você tem o costume de não atualizar os aplicativos instalados e o sistema operacional com frequência. Isso é um prato cheio para que algum código malicioso se aproveite e interfira na execução dos programas.

Dependendo do caso, a ação do vírus —ou outro tipo de malware (programa malicioso)— pode fazer o aparelho perder todas as funções, e o mais preocupante é que algumas ameaças chegam escondidas em mensagens de WhatsApp, email e publicações em redes sociais.

Os tipos mais comuns são:

Programas falsos que se instalam nos aparelhos para roubar dados (usuários, senhas, informações pessoais);

Códigos maliciosos que sequestram o celular e travam as suas funções. Para desbloqueá-lo, os cibercriminosos exigem um pagamento (ransomware);

Programas que executam automaticamente uma quantidade de anúncios sem a permissão do usuário (Adware).

Como descobrir se o celular está com vírus?

Nem sempre é fácil detectá-lo sem o uso de um programa de segurança, então aqui vai uma listinha para você observar:

Fique de olho em apps que fecham do nada ou travam repentinamente;

Tem algum app que você não lembra de ter baixado? Melhor apagar;

Revise as permissões que deu para apps nas configurações do celular; Bateria que acaba rápido demais pode ser sinal de programa malicioso executando comandos indevidamente.

Cobranças desconhecidas na fatura, créditos que acabam rápido e internet que não dura também;

Acesse o histórico de chamadas recentes e de mensagens de texto enviadas, veja se existem ligações ou SMS para números desconhecidos;

Faça uma varredura no aparelho com a ajuda de um bom antivírus

Alguns vírus tentam fazer chamadas ou enviar mensagens para outros números sem que você perceba. O contrário também pode acontecer: o celular recebe mensagens de texto que escondem códigos de comando e, quando você abre, roda um programa malicioso no aparelho. Isso também pode afetar o sistema de dados (4G), porque o programa se comunica com os centros de comando gerenciados por cibercriminosos de um modo bem discreto. Com isso, adeus pacote de internet. Na dúvida, verifique o consumo de dados periodicamente. Será mais fácil analisar se ele está dentro do uso padrão ou não.

Como resolver

Caso você tenha notado que o seu celular apresenta algum (ou todos) dos problemas listados acima, a recomendação é usar um antivírus. Escolha um com boa avaliação dos internautas nas lojas de aplicativos.

Instale e aguarde o programa fazer uma varredura no aparelho; Siga o passo a passo disponibilizado pelo antivírus para que o programa apague o código malicioso; Troque as senhas de email, redes sociais e apps usando outro celular ou o computador; Ou procure uma assistência técnica para que ela ajude no processo.

Depois da remoção do malware, é importante entender de onde veio a infecção para evitar repetir a brecha. Redobre a atenção a tentativas de golpe: não clique em links desconhecidos, não abre mensagens suspeitas, não passar códigos por telefone ou WhatsApp, não confirme senhas ou informações pessoais.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img