Rio Branco,

Abastecimento de água será suspenso na capital para ativação de nova subestação da ETA

AC 24 Horas
- Publicidade-

Nesta quinta-feira, 23, o governo realiza os procedimentos para ativar a nova subestação de captação da estrutura de água e esgoto, a ETA II. O investimento na obra é de R$ 6 milhões.

A empresa de fornecimento de energia irá ao local para fazer a ligação da energia e deixar a nova subestação pronta para funcionar. Logo após a realização do serviço serão iniciados os testes dos quadros de comando, inversores de frequência e transformadores. Será o momento em que, simultaneamente, as equipes do Depasa desligarão algumas bombas dos flutuantes, desligando da subestação antiga e religando na nova subestação, e então prosseguirão os testes para verificar se todo o sistema funciona corretamente.

Já na sexta-feira, 25, quando será desligada a bomba KSB (que transporta água da captação para a ETA II) e parado o sistema da ETA II.

Durante os dias de preparativos e realização de transferência da subestação, a logística de distribuição de água na capital busca manter o abastecimento o maior tempo possível e evitar transtornos aos cidadãos.

Na quinta-feira, 24, o abastecimento de água da região central, Calafate, Portal da Amazônia e parte alta da cidade será reduzido. Na sexta-feira, o sistema estará totalmente parado, com interrupção do abastecimento em todos os bairros da capital.

“É uma operação rápida, mas delicada, porque é o momento em que vamos retirar os quadros elétricos da estação que está caindo e levar para acionar já pela nova subestação”, explica o secretário adjunto de Infraestrutura, Jamerson Lima.

A assessoria destaca que durante os dias de preparativos e realização de transferência da subestação, a logística de distribuição de água na capital busca manter o abastecimento o maior tempo possível e evitar transtornos aos cidadãos.

Entenda o problema

Em maio de 2020, devido às chuvas fortes, uma grande movimentação de terra abalou a estrutura da subestação da captação, momento em que o governo do Estado, por meio da Seinfra, iniciou a construção da nova subestação e as intervenções de segurança, para que a captação ficasse protegida.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img