Rio Branco,

PM acaba reunião de facção e prende 5 pessoas com armas de fogo e drogas em Rio Branco

Ithamar Souza, Ecos da Notícia
- Publicidade-

Átos Nascimento Freitas Data de Nascimento, 23 anos, Talisson Brasileiro da Silva Data de Nascimento, 20, Carlos Daniel de Sousa Data de Nascimento, 19, Agiz Mamede de Lima Neto Data de Nascimento, 29, Italo Souza de Araújo Data de Nascimento, 28 anos, foram presos acusados de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e organização criminosa, na tarde desta quarta-feira (5). As prisões aconteceram em dois locais, um na rua Barra do Sol e outro outro na Beira Rio, ambos endereços no bairro Cidade Nova, região do Segundo Distrito de Rio Branco.

Segundo informações da Polícia Militar, uma guarnição estava realizando um patrulhamento de rotina, quando recebeu uma informação do setor de inteligência do 2° Batalhão que em uma residência localizada na rua Beira Rio estava acontecendo uma reunião de facção criminosa, com objetivo de planejar ataques a outra facção rival.

De posse da informação, várias viaturas foram até o endereço e fizeram um cerco policial. Átos e Talisson tentaram escapar por trás da casa, mas o cerco estava bem montado e os meliantes foram presos.

Na área de trás da casa, os militares encontraram uma arma de fogo de fabricação artesanal calibre .12 que estava na área de trás da residência. Em uma revista dentro do local, os PMs encontraram uma submetralhadora modelo Uzi calibre .9mm, além de 1 capa de colete balístico contendo 2 placas de metal e dois saquinhos de cocaína.

Após uma rápida conversa, os militares receberem a informação de que, em um apartamento na rua Baixa Verde, mais bandidos estavam reunidos e também estariam armados. De posse dessa nova informação, os policiais foram até o endereço e encontraram Carlos Daniel, Agiz e Ítalo. Durante buscas no apartamento foi encontrado 1 revólver Amadeo Rossi calibre .38, além de 2 carregadores de pistola Taurus PT 838 modelo .380.

Diante dos fatos, os cinco acusados foram presos e encaminhados à Delegacia de Flagrantes (Defla), juntamente com as armas e as drogas apreendidas, para a tomada das medidas cabíveis.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img