Rio Branco,

Sem concorrentes, empresa Vinci Airports, da França, compra aeroportos de Rio Branco e CZS

Por Ithamar Souza, Ecos da Notícia

Finalmente acabou a espera, os aeroportos de Rio Branco (Plácido de Castro) e de Cruzeiro do Sul, no Acre, foram vendidos na manhã desta quarta-feira, 7, para a empresa francesa Vinci Airports. A venda não teve interferências de empresas concorrentes.

Segundo informações, os espaços foram arrematados durante o leilão do governo federal, pela venda do Bloco Norte, que leva mais cinco aeroportos: de Manaus, Tabatinga (AM), Tefé (AM), Porto Velho (RO) e Boa Vista (RR).

A venda de todo o Bloco Norte, que inclui os dois aeroportos do Acre, foi arrematada por R$ 420 milhões, um ágio de 777,47%.

Ao todo, o governo brasileiro arrecadou mais de R$ 3,3 bilhões com o leilão de 22 aeroportos nesta quarta. Todos os três blocos (Norte, Central e Sul) foram vendidos.




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img