Rio Branco,

Roberto Carlos gravou dez canções de uma empregada doméstica viúva

Por EXTRA

Mesmo antes de prosperar, Roberto Carlos sempre quis ajudar os menos favorecidos, segundo seusparceiros de trabalho. Em 1963, ele gravou a canção “Na lua não há”. A música era da compositora Helena dos Santos, que depois seria gravada por ele em outros álbuns. Helena tinha vindo para o Rio com 12 anos e trabalhou desde então como costureira e empregada doméstica. Ficando viúva muito cedo e com filhos para criar, ela estava com dificuldades financeiras. Então aproveitou que o marido havia lhe ensinado a compor, escreveu uma música e foi procurar alguém para gravar. Até que a cantora Rogéria a indicou para Roberto Carlos, ainda iniciante, que gostou da canção. Ali se iniciou uma parceria, e Roberto ainda gravaria outras 9 canções da artista, que morreu em 2005.

— Helena acabou se tornando muito minha amiga. Era muito humilde e ótima compositora — resume o Getúlio Côrtes (que assinou várias músicas cantadas por Roberto) sobre a artista, que conseguiu comprar um apartamento e colocar os filhos na escola, depois de ser gravada.




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img