Rio Branco,

Pandemia: novas rotinas em casa pedem cuidados redobrados com acidentes elétricos

Por ASCOM
Casas e apartamentos se transformaram em escritório e escola; com mais pessoas e novos equipamentos, as famílias devem atentas para evitar incidentes

A pandemia da Covid-19 transformou, nos últimos 12 meses, as residências em todo o país em locais de home office e escola. A energia elétrica nesse sentido se tornou ainda mais fundamental para desenvolvimento dessas e outras atividades.

Mas, é importante as famílias ficarem atentas para o uso seguro e consciente da energia elétrica para evitar acidentes, que em alguns casos, podem ser graves.

A mudança na rotina motivou muitas pessoas a comprarem equipamentos para tornar o trabalho em casa e os momentos de lazer mais adequados. Ar condicionado, ventiladores, computador, impressora, eletrodomésticos e eletrônicos foram incorporados à casa e a inclusão deles requer cuidados básicos como a avaliação da capacidade de carga da rede para evitar sobrecarga, curtos-circuitos e incêndios.

O uso correto dos equipamentos também evita choques e acidentes mais graves. Esse é o alerta que o diretor técnico e comercial da Energisa Acre, Ricardo Xavier, faz ao orientar que medidas simples são eficazes na prevenção.

“Um dos principais cuidados é fazer o dimensionamento correto dos circuitos para evitar a sobrecarga da rede e curto-circuito, que dependendo do caso pode evoluir para um incêndio. Usar o dispositivo DR no quadro geral para proteger as pessoas de choques elétricos em caso de fuga de corrente é obrigatório nos projetos de novas construções. Chamar um profissional capacitado para fazer essa avaliação é essencial”, aconselha.

Os choques são principais causas dos acidentes elétricos e ocorrem principalmente por negligência das pessoas ao projetar, executar, manter e usar a instalação elétrica.

Ricardo Xavier aponta “erros” básicos cometidos pelas pessoas dentro de casa cotidianamente e que devem ser extintos para evitar acidentes. Um deles é o uso de “T” ou “benjamins” na tomada para plugar vários aparelhos, um erro clássico e que pode resultar em acidentes graves.

“As pessoas usam esse adaptador para poder ligar mais de um eletrodoméstico na mesma tomada e sobrecarrega o circuito, que esquenta e pode gerar um curto-circuito e até incêndio dependendo da proporção”, alerta ele ao recomendar o uso de filtro de linha para uso de equipamentos de baixo consumo de energia, pois este possui um fusível, que queima em caso de sobrecarga e preserva os equipamentos e a rede elétrica.

O dinamismo que o mundo atual está impondo, quase obriga a utilização do celular mesmo durante o processo de carregamento da bateria. “Pode parecer banal, mas existe um risco grande de acidente ao utilizar o celular enquanto ele carrega. A orientação é deixar ele completar a bateria, retirar o carregador da tomada e aí sim utilizar o celular”, ressaltou Ricardo Xavier.

Outras orientações 

Comprar equipamentos e acessórios de qualidade e certificados pelo Inmetro é muito importante. Cuidados com fios desencapados, na instalação de antenas, em obras e até na poda de árvores devem ser redobrados no ambiente doméstico.

Dicas de segurança dentro de casa

– Interruptores e tomadas devem ser limpos apenas nas partes externas e somente com o pano seco. Dessa forma, você evita o risco de choques elétricos. Jamais jogue água ou passe pano molhado.

– Evite usar benjamins e extensões para não sobrecarregar as instalações. Utilize adaptadores e multiplicadores nas tomadas para evitar a sobrecarga.

– Utilize protetores plásticos nas tomadas ou substitua as tomadas por modelos mais modernos. Essa dica vale principalmente para quem tem crianças em casa.

– A chapinha é um item indispensável para muita gente.​Utilizá-la de forma correta evita choques elétricos e previne acidentes. Ao sair do banho, não utilize a chapinha com mãos e pés molhados. E lembre-se de não ficar com os pés descalços, use sempre um chinelo.

– Para as antenas, chame um técnico especializado para instalá-la ou consertá-la e escolha um local distante da rede elétrica, pois a simples aproximação das partes metálicas das antenas com os fios pode provocar um choque elétrico. Se a antena encostar nos fios da rede elétrica, jamais tente segurá-la ou retirá-la. Nesse caso, comunique imediatamente à Energisa. Sempre mantenha uma distância de segurança para evitar acidentes.







ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img