Rio Branco,

Juliette admite que quebrou isolamento, pegou covid e leva bronca de sister: “Não pode!”

RD1
Juliette Freire admitiu para Camilla de Lucas que contraiu a Covid-19 após sair de casa para se reunir com amigos
- Publicidade-

A pandemia da covid-19 novamente foi assunto dentro do BBB 2021. Na tarde desta terça-feira (27), Juliette Freire admitiu para Camilla de Lucas que contraiu a Covid-19 após sair de casa para se reunir com amigos.

A advogada, porém, relatou que não sabe o momento exato na qual teve contato com o vírus. “Arenguei [briguei] com uma amiga minha, ela tinha bebido e me estressei. Aí disse que ia embora e voltei sozinha para casa. Pronto, foi nesse dia que peguei [a Covid-19]”, disse a advogada.

A influenciadora, então, repreendeu a outra sister. “Se tivesse ficado quieta, né Juliette!”, disparou Camilla de Lucas, fazendo referência ao fato de que o distanciamento social é a principal medida para conter a propagação da covid-19. A paraibana relembrou uma situação na qual pode ter sido exposta: “Ou foi no aniversário do meu outro amigo. Mesmo assim, era um negócio que só tinha a gente”.

“A questão é: não pode! Tem que ficar quieto em casa! Se puder, quem puder, fique em casa, quem pode trabalhar assim. A gente sabe que tem uma galera que precisa ir trabalhar [presencialmente], se não, vai passar fome”, declarou a carioca.

“A transmissão é justamente por isso. Às vezes, uma pessoa assintomática, que acha que não está com Covid, vai e passa”, completou a emparedada da vez. A maquiadora argumentou com a amiga: “Por isso que, quando saía, eu ficava isolada. Você quer se colocar em risco? É um direito seu. Agora, também, você não pode botar ninguém em risco. Você é responsável apenas pela sua vida”.

Ainda na conversa, Juliette disse que começou a sair durante a pandemia, mas não se aproximou de familiares e vizinhos. “Supermercado, eu ia de luva e máscara. Depois, parei de ir com as luvas porque disseram que não era legal. [Atendia] Minhas clientes com face shield”, lembrou ela.

A sister também contou que depois de se mudar de Campina Grande para João Pessoa a trabalho, passou a frequentar restaurantes, bares e baladas com distanciamento social. “Essas coisas já estavam liberadas com distanciamento”, ressaltou.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img