Rio Branco,

Agentes administrativos dizem que não têm aumento desde 1996

Por Ascom

O deputado e primeiro-secretário da Assembleia Legislativa do Acre recebeu hoje em seu gabinete os agentes administrativos da Sejusp Walter Clay e Wellington Freitas, junto aos representantes, acompanhava também o presidente da FEPOL NORTE, o Itamar Lima.

Os agentes administrativos relatam que não recebem um aumento real desde 1996, havendo em uma maioria, servidores que até hoje recebem menos de um salário mínimo com mais de 30 anos de serviço. Além disso, os servidores reclamam de serem utilizados constantemente em outras funções, inclusive como agente de polícia, sem que haja sequer uma gratificação por isso. Como exemplo, há agente administrativo sendo utilizado como supervisor da Polícia Civil. Relatam ainda que são a única categoria que não está incluída em nenhum plano de cargo e carreira do Estado.

A maior preocupação dos agentes é não terem a situação regularizada ainda este ano para não correr o risco de ter que passar mais 15 anos sem reajuste devido a reforma administrativa que tramita no Congresso Federal.

O deputado Luiz Gonzaga sensibilizou-se com a causa dos agentes administrativos e se colocou à disposição para buscar meios de reconhecimento a esses profissionais por meio de projeto de lei entre pelos próprios agentes e para tentar, de imediato, uma reunião com o governador Gladson Cameli para que sejam tomadas as devidas providências.




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img