Rio Branco,

Rio Branco começa a vacinar idosos com mais de 72 anos contra Covid-19: veja locais de vacinação

Aplicação dos imunizantes ocorre por drive thru no pátio do antigo Detran e na Arena Acreana, além das unidades de saúde do município: Augusto Hidalgo de Lima, Roney Meireles, Eduardo Assmar e Barral Y Barral.

Por G1 AC

A prefeitura de Rio Branco avançou mais uma faixa etária para imunização contra a Covid-19. Agora, os idosos com 72 anos ou mais já podem receber a vacina em um dos seis pontos de vacinação da capital acreana.

A imunização do novo grupo etário foi anunciada pela Prefeitura de Rio Branco nessa quarta-feira (3) após achegada do 6º lote de vacinas contra a Covid-19 no estado com mais 5,2 mil doses da CoronaVac. A imunização dos idosos com idade a partir dos 72 anos começa nesta quinta-feira (4).

Conforme o governo, do total de 5,2 mil doses que chegaram ao estado nessa quarta, 1,1 mil são destinadas aos idosos e outras 200 para trabalhadores da saúde. O G1 não conseguiu confirmar com a prefeitura da capital a quantidade de doses e se já foram entregues ao município.

Quem pode ser vacinado

Idosos com 72 anos ou mais não acamadosTrabalhadores da Saúde que estão na linha de frente no combate à Covid-19

A aplicação dos imunizantes ocorre em dois ponto por drive thru e também em quatro unidades de saúde do município. A vacinação é feita de 8h às 17h. Confira os locais:

Drive thru

Pátio do antigo Detran, na Avenida Nações Unidas/ Em frente ao 7º BECArena Acreana

Unidades de saúde

Unidade de Referência de Atenção Primária Roney Meireles (Urap) – Conjunto Adalberto Sena;Unidade de Referência da Atenção Primária (Urap) Hidalgo de Lima – no bairro Palheral;Unidade de Referência da Atenção Primária (Urap) Eduardo Assmar – no bairro Quinze;Policlínica Barral y Barral – no Conjunto Tangará.

Documentos necessários

É preciso apresentar RG ou CPF ou o cartão do SUS para controle e confirmação da identidade e idade do idoso.No caso dos trabalhadores da saúde, estes devem apresentar carteira do respectivo conselho e RG ou declaração da unidade onde trabalha (para aqueles que não possuem registro) e RG.

Idosos acamados

Para o caso dos idosos acamados, continua sendo vacinado os que estão com 73 anos ou mais. Os familiares ou responsáveis devem fazer um pré-cadastro ligando para a Secretaria Municipal de Saúde do Município de Rio Branco (Semsa) pelo número 3216-2400.

A vacinação dos profissionais de Saúde ocorre no local de trabalho dessas pessoas, como forma de otimizar a execução do Plano Municipal de Vacinação. Cabe aos chefes imediatos a convocação dos profissionais.

Novas doses

O Acre recebeu, na tarde dessa quarta-feira (3), o 6º lote de vacinas contra a Covid-19. São, no total, 5,2 mil doses do imunizante CoronaVac, distribuído pelo Instituto Butantan.

O último lote que havia chegado (21,9 mil doses) foi entregue em duas partes. O primeiro chegou no dia 24 de fevereiro junto com o presidente Jair Bolsonaro (13,5 mil doses vacina AstraZeneca/Oxford). O restante (8,4 mil doses da CoronaVac) chegou no dia seguinte, 25 de fevereiro. Bolsonaro (sem partido) esteve no estado para fazer um sobrevoo na áreas atingidas pela cheia dos rios. O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, acompanhou o presidente na visita ao Acre.

De acordo com o Setor de Imunização da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), foram contemplados em todo o estado 82% dos trabalhadores da Saúde, 100% dos idosos acima de 75 anos de idade, e 33% dos idosos de 70 a 74 anos de idade e 100% dos idosos acima de 60 anos institucionalizados. Os indígenas foram contemplados com 100% das primeira e segunda doses, porém, a cobertura vacinal está em torno de 30%. Os deficientes institucionalizados também foram 100% atendidos.

No geral, segundo o Setor de Imunização do estado, os próximos públicos são idosos não acamados, domiciliados e os que podem se deslocar até as unidades de saúde ou até os pontos de drive thru, além dos trabalhadores da Saúde.

Conforme o governo do estado, com esse novo lote, deve ser feita a imunização de mais 1,8% dos trabalhadores da Saúde e 20% dos Idosos de 70 a 74 anos.

MP cobra calendário

A Promotoria de Justiça Especializada de Defesa da Pessoa Idosa e Pessoa com Deficiência, do Ministério Público do Estado do Acre, instaurou um procedimento preparatório para apurar possíveis irregularidades no processo de vacinação contra a Covid-19 de idosos e pessoas com deficiência permanente em Rio Branco.

No documento, o órgão destaca que milhares de pessoas idosas estão à espera da primeira dose da vacina. No entanto, a Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA) não teria apresentado nenhum plano de vacinação destinado aos idosos, que fazem parte do grupo prioritário para recebimento das doses, o que, segundo o MP, gera uma “crise de depressão e ansiedade” nesse público.

Ao G1, o secretário municipal de Saúde de Rio Branco, Frank Lima garantiu que o órgão tem acompanhado de perto esse processo de vacinação e que não há irregularidades. Ele informou ainda que um portal da transparência sobre a vacinação deve ser colocado no ar ainda nos próximos dias e lançada.




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img