Rio Branco,

Prefeitura de Sena Madureira intensifica trabalho de limpeza das ruas que foram atingidas pela cheia 

Por Ricardo Amaral - Ascom

Seguindo uma determinação do prefeito Mazinho Serafim (MDB), a Prefeitura Municipal, através um trabalho conjunto entre a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SEMSUR) e a Secretaria Municipal de Obras, está intensificando o trabalho de limpeza das vias que foram afetadas pela última cheia do Rio Iaco em Sena Madureira.

Após a primeira etapa, que consistiu no recolhimento dos entulhos, lixo branco e restos de móveis dos moradores que foram perdidos em decorrência da enchente. O trabalho agora se concentra em retirar a grande quantidade de lama e bancos de areia que ficaram nas vias após a vazante do manancial, objetivando uma melhora no tráfego de veículos nessas localidades.

De acordo com Mazinho Serafim, após o nível das águas baixarem, o grande desafio é o trabalho de reconstrução da cidade. “Determinei que esse trabalho fosse intensificado, pois muitos moradores estão voltando para suas casas após a vazante. Por essa razão estamos limpando as ruas que foram mais afetadas, para que todos possam ter o direito de ir vir assegurados pelo poder público municipal. Essa é apenas uma etapa do longo processo de reconstrução que nossa cidade passará, e com ajuda dos nossos parlamentares federais vamos nos empenhar ao máximo para que possamos reconstruir nosso município o mais breve possível. O que posso prometer como prefeito, é que vou buscar parcerias para contemplar a nossa população com obras de infraestrutura e em outros setores que carecem de urgência, por conta dos prejuízos deixados pela última cheia”, frisou Mazinho Serafim.

O gestor da SEMSUR Jeocundo Assis, salientou que nesta segunda-feira (08) o trabalho está sendo realizado na Comunidade Segundo Distrito. “A nossa equipe hoje está trabalhando no Segundo Distrito da Cidade, tanto no bairro Niterói, como no São Francisco, tendo em vista que as ruas ficaram quase que intrafegáveis por conta de muita lama e enorme bancos de areia. A situação é tão complexa que até nossos caminhões estão tendo dificuldades para adentrar, sendo possível apenas o tráfego de máquinas pesadas. Mas vamos concentrar nosso trabalho aqui até melhorar significativamente a trafegabilidade, e com isso também a qualidade de vida dos moradores que estão retornando para suas residências após a vazante” concluiu Jeocundo.




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img