Rio Branco,

No Acre, 403 pessoas perderam a vida para a covid-19 e não tinham doenças preexistentes

Percentual é considerado alto, 35,4%

Por Notícias da Hora 

De acordo com dados obtidos junto à Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), por meio do boletim diário, 35,4% das pessoas que evoluíram para óbito pela covid-19 não tinham doenças preexistentes. O percentual representa 403 pessoas que não apresentavam nenhuma comorbidades. Já os que evoluíram para óbito e tinham comorbidades são 627. Uma diferença de 224 óbitos.

Com relação à faixa etária, os idosos são as maiores vítimas da covid-19. Das 1030 mortes confirmadas, 724 são de pessoas com idade acima dos 60 anos, o que representa 70,3%. Os homens também lideram o número de vítimas fatais do novo coronavírus: 612 (60,4%) perderam a vida para a doença. O número de mulheres que foram a óbito é de 418 (39,6%).




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img