Rio Branco,

Expulsa de casa pelo marido, mulher diz que caminhou 14 km com filho no colo até conseguir ajuda

A vítima disse à polícia que o marido a expulsou de casa por ela não ter feito "algumas atividades domésticas que ele pediu"

Por G1 RO
Uma mulher de 39 anos registrou um boletim de ocorrência neste sábado (27) afirmando que foi ameaçada de morte e expulsa de casa pelo marido na última quinta-feira (25). Ela diz que andou cerca de 14 quilômetros com o filho de dois anos no colo até chegar na casa de um cunhado. A vítima mora no distrito de Colina Verde, em Governador Jorge Teixeira (RO).

Ela explicou à Polícia Militar (PM) que no dia 25 de fevereiro estava em casa com o marido e alguns amigos assistindo um jogo de futebol e o companheiro estava consumindo muita bebida alcoólica.

Quando o jogo terminou, os amigos do casal foram embora e em seguida o marido começou a falar que ela havia o envergonhado na frente das visitas, pois “ela fala muito alto” e “não realizou algumas atividades domésticas que ele pediu”. Por causa disso, ele teria obrigado ela a sair de casa se não a mataria.

A mulher contou aos policiais que pegou o filho de dois anos e foi a pé para casa de um cunhado, que mora a aproximadamente 14 quilômetros da residência dela. Ele levou cerca de cinco horas para terminar o trajeto.

A vítima relatou também que em outras ocasiões sofreu várias agressões por parte do marido, tanto físicas como psicológicas. Diante do exposto foi registrado boletim de ocorrência de ameaça e violência doméstica consumada.

O companheiro dela ainda não foi localizado.




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img