Rio Branco,

Em meio à cheia histórica, vereadores de Cruzeiro do Sul tiveram apenas uma sessão na Câmara

Por Ac 24 Horas

Os 14 vereadores eleitos em novembro de 2020 em Cruzeiro do Sul realizaram apenas a sessão solene de abertura dos trabalhos legislativos e uma sessão ordinária no dia 2 de fevereiro. De lá para cá, não voltaram a se reunir de forma presencial ou virtual.

No dia 2, o vereador Franciney Freitas (PP), presidente da Câmara Municipal, anunciou a suspensão das sessões e o retorno para dia 22 de fevereiro, de forma virtual e em período noturno, o que não ocorreu. A alegação para a suspensão das sessões é a pandemia de
Covid-19 em Cruzeiro do Sul.

A assessoria de Comunicação da Câmara informou que durante a suspensão dos trabalhos legislativos, a Câmara seria adequada para os trabalhos virtuais, o que ainda não aconteceu. O serviço de modernização tecnológica da Câmara está em processo de licitação.

O presidente Franciney Freitas disse que não há projeto do executivo ou do legislativo para ser votado, mas que esta semana ainda vai tentar fazer uma sessão. “Na quinta-feira, dia 25 , a gente vai tentar dar um jeito para fazer uma sessão online. Vamos ver aqui como resolver porque licitação é complicado”, contou o presidente.

As sessões da Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul já foram noturnas, voltaram para o período da manhã e nessa legislatura, retornarão para a noite. A modificação no Regimento Interno foi apresentada pelo vereador Zaldo Mototáxi (PROS) e aprovada pela Câmara. O REFIS Municipal também foi aprovado na única sessão realizada na Câmara Municipal. O salário dos vereadores de Cruzeiro do Sul é de R$ 10 mil.




ÚLTIMAS