Rio Branco,

Covid-19 mata seis pessoas em 24 horas em Cruzeiro do Sul

Por ac24horas

O número de mortes por Covid-19  no Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul não para de subir. Seis pessoas vítimas da  doença  morreram no local  de sexta- feira,  26, até a manhã deste sábado (27). Uma das vítimas foi levada para Mâncio Lima,  4 foram enterrados no Cemitério Jardim da Paz em Cruzeiro no início da noite de ontem e 1 na manhã de hoje.

O administrador do cemitério Jardim da Paz em Cruzeiro do Sul, Auricélio Lima, confirma os enterros. “Nós enterramos 4 à boca da noite de sexta  e por volta das 3 da madrugada já de hoje,  sábado, nos acionaram novamente, mas fizemos o enterro agora cedo porque a equipe estava muito cansada”, contou.

No  final de semana passado,  8 pessoas morreram por coronavírus  no Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul.

Na  segunda onda da doença no município, o número de mortes é maior. No dia 12 de abril do ano passado foi  descoberto o primeiro caso de Covid-19 em Cruzeiro e no dia 13 de maio, houve a  primeira morte no Hospital do Juruá.  Era uma idosa de 84 anos de Tarauacá,   que teve de ser enterrada  em Cruzeiro devido à proibição de traslado de corpos para cidades distantes.

Para cidades próximas,  como Mâncio Lima e Rodrgues Alves,  também já houve proibição de traslado,  medida que não está mais em vigor.

Até o último  dia 12 de fevereiro, haviam  158 corpos enterrados na ala Covid-19 do Cemitério Jardim da Paz. A área  do cemitério é de 5 hectares  e foi comprada e implantada pelo ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro.




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img