Rio Branco,

Brasil fica fora da disputa pelo melhor fime estrangeiro no Oscar 2021

Por Metro 1

Segundo o anúncio feito ontem (9) pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, o Brasil ficou de fora de todas as vagas que disputava na premiação do Oscar.

O último corte apresentado pela bancada responsável pela votação, foi do longa de Bárbara Paz “Bebenco: Alguém tem que ouvir o coração e dizer: parou”, das categorias de melhor filme internacional e melhor documentário.

As premiação com o anúncio dos vencedores acontece no dia 25 de abril.

Confira as listas prévias do concurso:

Melhor filme internacional:

  • ‘Quo Vadis, Aida?’ – Bósnia e Herzegovina
  • ‘El agente topo’ – Chile
  • “Charlatan” – República Tcheca
  • ‘Druk – Mais Uma Rodada’ – Dinamarca
  • ‘Nós duas’ – França
  • ‘La Llorona’ – Guatemala
  • ‘Shaonian de ni’ – Hong Kong
  • ‘Crianças do Sol’ – Irã
  • ‘La nuit des rois’ – Costa do Marfim
  • ‘Ya no estoy aquí’ – México
  • ‘Håp’ – Noruega
  • ‘Colectiv’ – Romênia
  • ‘Dorogie tovarishchi’ – Rússia
  • ‘Yangguang puzhao’ – Taiwan
  • ‘The man who sold his skin’ – Tunísia

Melhor documentário:

  • ‘Até o fim: A luta pela democracia’
  • ‘Boys State’
  • ‘Colectiv’
  • ‘Crip Camp: Revolução pela inclusão’
  • ‘As mortes de Dick Johnson’
  • ‘Gunda’
  • ‘MLK/FBI’
  • ‘El agente topo’
  • ‘Professor Polvo’
  • ‘Notturno’
  • ‘The Painter and the Thief’
  • ’76 Days’
  • ‘Time’
  • ‘The truffle hunters’
  • ‘Bem-vindo à Chechênia’




ÚLTIMAS