Rio Branco,

Secretário de Segurança do Acre sugere que bandidos que atacam a polícia vão morrer

Por Notícias da Hora

O secretário de Justiça e Segurança do Acre, coronel Paulo César, afirmou à imprensa nesta semana que criminosos que reagirem à polícia durante abordagens ou operações, não serão recebidos em tom diferente. A declaração ocorreu após a morte de um criminoso conhecido como “Diabão”, que atacou os policiais na bala.

A abordagem que deu origem à declaração ocorreu na terça-feira, dia 05, no bairro Sobral, em Rio Branco. Paulo Cézar explicou que o criminoso adolescente tentou reagir à ação policial que por isso foi necessário reagir com força contra a ameaça promovida pelo bandido.

“A resposta ao crime vai se dar nesse tom. Onde percebermos que a incidência de crimes que incomodam a sociedade se faz muito presente, as forças vão estar legitimadas a agirem dentro do que determina a lei”, disse o secretário acreano, ao lembrar que a identificação de Diabão foi resultado de uma investigação do setor de inteligência da pasta.




ÚLTIMAS