Rio Branco,

Rio Acre baixa mais de 70 centímetros em Rio Branco, mas prefeitura começa a preparar abrigo

Por G1 AC

O Rio Acre, em Rio Branco, apresentou uma vazante de 76 centímetros nas última 24 horas e chegou a cota de 10,64 metros na manhã deste domingo (3). Este nível dá uma freada no avanço das águas que estavam subindo de forma rápida, chegando a 11,40 metros no sábado (2). Porém, mesmo com a vazante, a Defesa Civil do município afirma que situação é preocupante.

“Essa vazante que o rio deu nestas 24 horas não muda em nada os planos da coordenadoria municipal de Defesa Civil e todas as equipes da prefeitura. Nós estamos aqui no Parque [Wildy Viana] com as ações iniciais para montagem de abrigo. Essa vazante não vai se segurar por muito tempo”, explicou o coordenador municipal da Defesa Civil, major Cláudio Falcão.

O coordenador disse que eles estão em monitoramento do rio desde a nascente, a todos os municípios do estado por onde ele passa.

“A gente sabe que as águas que passaram por Assis Brasil e Brasileia vão chegar em Xapuri e depois aqui. Além disso, temos previsão de chuva para o período. Enfim, deu um tempinho pra gente poder montar as ações, mas é só isso. Temos uma vazante, porém o cenário continua preocupante”, acrescentou.

A previsão é de chuva para todo o mês de janeiro, principalmente nas regiões de bacia do Rio Acre, o que pode apresentar mudança significativa no nível do manancial no próximos dias.

Limpeza do parque

Falcão disse que neste domingo as equipes trabalham na limpeza do espaço e a, partir de segunda-feira (4), a Secretaria de Infraestrutura do município (Seinfra) começa o planejamento da construção dos boxes.

“A secretaria de Saúde também vai estar aqui para fazer a inspeção de todas as doenças relacionadas a endemias e a Ação Social, enfim todas as secretarias vão estar envolvidas”, pontuou.

O planejamento é de que pelo menos 100 boxes sejam construídos. De acordo com Falcão, os alojamentos serão maiores e vão contar com divisórias para dar mais privacidade às famílias. Além disso, deve respeitar o distanciamento entre um boxe e outro, devido a pandemia de Covid-19.

 




ÚLTIMAS