Rio Branco,

Polícia Civil cumpre mandado e prende monitorado que cortou tornozeleira eletrônica

Por ASCOM PC

Na tarde da última terça-feira, 12, a Polícia Civil no município de Bujari deu cumprimento a mandado de busca e apreensão em uma residência localizada na Travessa do Açude, na zona urbana do município, e prendeu em flagrante delito os investigados E.S.M de 24 anos, sem passagem pela polícia e de T.N.L 19 anos, foragido da justiça.

Contra T. N. L. de 19 anos pesa uma condenação pelo crime de roubo, ele estava cumprindo pena em regime monitorado e cortou a tornozeleira no dia 07 de outubro de 2020 passando a ser foragido da justiça.

Na ação policial, a equipe de agentes da Polícia Civil encontrou, em posse dos investigados, uma arma de fogo tipo escopeta calibre 16, com três munições não deflagradas, aparelhos celulares e uma pequena porção de maconha. O investigado E.S.M, de 24 anos, estava em posse da arma de fogo, razão pela qual foi preso em flagrante delito pelo crime de posse irregular de arma de fogo de uso permitido, previsto no artigo 12 da Lei 10.826/03.

A investigação durou cerca de 20 dias, o que possibilitou com que os investigadores carreasse uma séria de provas as quais foram juntadas ao processo investigativo. Segundo o levantamento, a dupla estava aterrorizando os moradores do local com ameaças e cometendo vários delitos como roubos e furtos.

De acordo com o delgado Bruno Coelho, as investigações vão continuar no sentido de identificar pessoas no cometimento de delitos. A Polícia Judiciária segue com o trabalho intenso de investigação para combater de maneira firme a criminalidade.




ÚLTIMAS