Rio Branco,

No Acre, maioria dos casos de HIV é entre pessoas de 20 a 34 anos de idade

Por ContilNet

A faixa etária com mais casos de HIV no Acre é entre 20 a 34, informou a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) por meio do Núcleo Estadual de Infecções Sexualmente Transmissíveis. Ao todo, 611 pessoas nesse intervalo de idade foram diagnosticadas como portadoras do vírus entre 2015 e 2019.

O segundo grupo com maior número de contaminados é o de 35 a 49 anos, com 337 casos. Mais de 120 pessoas entre 50 e 64 anos estão infectadas pelo vírus causador da Aids. Jovens de 15 a 19 anos somam 69 casos. Já idosos de 65 ou mais são 17 notificações. Quatro crianças entre 10 e 14 anos são soropositivas no estado.

Dos testes positivos de HIV no Acre entre 2015 e 2019, 70% foram em homens. O número de infecções nesse grupo chegou a 869 de um total de 1.235.

Dados deste ano ainda não foram finalizados, mas uma parcial dá conta de que até novembro houve 112 exames positivos, uma redução de 57% em relação a 2019.

A diminuição se deu, segundo o governo, por conta da pandemia de covid-19, a partir do momento em que as atividades itinerantes que levavam testagem rápida às comunidades diminuíram. Além disso, devido ao isolamento social, as pessoas procuraram menos as unidades de saúde para fazer o exame.

O ano com o maior número de casos notificados foi 2018, com 313. Já 2019 foi o segundo maior, com 262.

 




ÚLTIMAS