Rio Branco,

Governo defende privatização da Eletrobras

Por METRO 1

Depois que o presidente da Eletrobrás Wilson Ferreira pedir demissão do cargo na manhã de hoje (25), o Ministério de Minas e Energia divulgou nota em que defende a privatização da companhia.

“O governo federal entende que a capitalização da Eletrobras é essencial e necessária para a recuperação de sua capacidade de investimento”, diz a nota do ministério.O processo de privatização proposto pelo governo é chamado de ‘capitalização’. A saida de Ferreira, apesar de ter sido justificada por motivos pessoais, levantou questionamentos sobre o processo.

“Com a capitalização, a Eletrobras se tornará uma corporação brasileira de classe mundial, com capital pulverizado, focada em geração, comercialização e transmissão de energia elétrica, tornando-se uma das maiores empresas de geração renovável do mundo”, defende a nota. A privatização da estatal foi proposta ainda em 2017, no governo de Michel Temer, e mantida por Bolsonaro




ÚLTIMAS