Rio Branco,

Bolsonaro exonera esposa de Flaviano Melo em retaliação a voto em Baleia Rossi

Por Ithamar Souza, Ecos da Notícia

O presidente Jair Bolsonaro foi para o tudo ou nada e exonerou os cargos dos deputados federais que apoiam o nome de Baleia Rossi (MDB-SP) que disputa a presidência da Câmara. A ideia é pressionar para que parlamentares votem em Arthur Lira (PP-AL), aliado do chefe do executivo.

Flaviano Melo (MDB-AC) perdeu dois indicados no Acre que mantinha desde o governo Temer. Foram exonerados neste mês Jorge Mardini Sobrinho, superintendente do Iphan, e Luciana Videl de Moura, da Secretaria de Patrimônio da União (SPU). Luciana é esposa do deputado.

“São da época do Temer. Ninguém mexeu neles e eles ficaram lá. Nem perguntei o motivo, porque eu sou do MDB e o MDB da Câmara não é da base do Bolsonaro, mas também não ia mandar (os indicados) saírem. Me disseram só que foi ordem do Palácio”, diz Flaviano.




ÚLTIMAS