Rio Branco,

Record passa pano na prisão de Crivella, sobrinho de Edir Macedo, e é massacrada: “Coniventes”

Repercussão

Por TV FOCO

Ao noticiar a prisão do atual prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, a Record TV resolveu escolher uma palavra mais amena para noticiar a prisão do político, o fato se deve, pois, o mesmo é sobrinho do dono da emissora, Edir Macedo.

Ao invés de dizer que Crivella foi preso, o canal paulista apenas informou dentro do Balanço Geral que o prefeito havia sido conduzido até à Cidade da Polícia: “Prefeito Marcelo Crivella é conduzido para a Cidade da Polícia”, dizia a manchete.

Ao mesmo tempo, emissoras com BandNews, Globo e CNN Brasil anunciavam a prisão do político. A atitude da Record gerou comentários negativos nas redes sociais, até mesmo famosos se mostraram decepcionados com a postura da emissora: “Na Record, Crivella foi apenas conduzido. Bom dia”, escreveu a humorista Dadá Coelho em seu Twitter.

Marcelo Adnet, por sua vez, realizou uma sátira imitando o prefeito do Rio de Janeiro: “[…] Eu falei com várias pessoas no Rio de Janeiro que disseram que eu fui preso, mas não é verdade. Inclusive, lá na Record, emissora do meu tio, está dizendo que eu fui apenas conduzido”, diz ele em um vídeo.

“Lamentável atitude da Record, só mostra que eles são coniventes com o sobrinho do dono da emissora”, comentou um internauta. “A Record passou quatro anos recebendo dinheiro da prefeitura do Rio, o que esperar de uma emissora comprada por políticos?”, acusou outro.

VOLTOU ATRÁS

Após a repercussão negativa, já dentro do Fala Brasil, a emissora se corrigiu e já noticiou o fato informando a prisão de Crivella. O político foi preso em uma ação conjunta da Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro. A prisão faz parte de um desdobramento da Operação Hades, que investiga um suposto “QG da Propina” na Prefeitura do Rio.

 




ÚLTIMAS