Rio Branco,

Inflação da comida: Veja os produtos que mais aumentaram de preço em 2020

Por

Inflação da comida: Veja os produtos que mais aumentaram de preço em 2020

Brasil registrou a maior inflação de alimentos desde o governo FHC. A alta acumulada ao longo do ano foi de 12,14%

*Por Luisa Fragão 9 dez 2020*

A inflação de 0,89% registrada em novembro afetou especialmente alimentos e bebidas. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado na terça-feira (8), preços desse grupo sofreram uma alta de 2,54% no último mês.

Com o resultado de novembro, a alta acumulada ao longo do ano foi de 12,14%, a maior desde 2002. Naquele ano, os alimentos subiram 19,47%.

Entre os alimentos que mais sofreram com o aumento de preço estão as carnes (6,54%) e a batata-inglesa (29,65%). As carnes acumularam alta de 13,90% no ano. Já o frango passou de 2,41% em outubro para 5,17%, com o acumulado de 14,02%.

Outros alimentos importantes na cesta das famílias brasileiras, como o tomate (18,45%), o arroz (6,28%) e o óleo de soja (9,24%) também seguem em alta. No acumulado do ano, as taxas de cada um foram 76,51%, 69,5%, e 94,1%, respectivamente.

Bebidas como cerveja (1,33%) e refrigerante e água mineral (1,05%) também apresentam alta no último mês. Em outubro, haviam registrado quedas de 0,36% e 1,21%, respectivamente.

Em relação às quedas, o destaque foi do leite longa vida, com queda de 3,47%, segundo o IBGE.

 




ÚLTIMAS