Rio Branco,

Gladson dispara sobre polêmica com vacina Coronavac: “Quem não quiser tomar, não tome”

Por ContilNet

O governador Gladson Cameli (sem partido) declarou ao ContilNet em entrevista realizada no domingo (13) que não está preocupado com as opiniões divergentes sobre a vacina chinesa Coronavac, que deverá ser adquirida pelo governo para imunização da população acreana a partir do primeiro semestre de 2021.

Cameli destacou que a polêmica com o imunizante que está sendo produzido no Instituto Butantan, em São Paulo, tem a ver com questões meramente políticas, envolvendo o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o governador paulista, João Dória (PSDB).

“Quem não quiser tomar, não tome. Eu sei que eu vou tomar. Me desculpe, mas eu não vou entrar nessa questão política, isso é coisa de quem não tem o que fazer. A primeira que chegar aqui pode me dar que eu tomo”, disparou.

O chefe do executivo frisou que sua parte como gestor está sendo feita, que é buscar a vacina e evitar novos óbitos no Estado. “Quem não quiser, fique à vontade. A minha obrigação é adquirir um milhão de doses da vacina. Se eles não quiserem doar, eu compro e ainda mando buscar”, completou.

 




ÚLTIMAS