Rio Branco,

Em vistoria, MP encontra mais de 20 refletores de iluminação quebrados em presídio de Rio Branco

Vistoria

Por G1 Acre

Uma vistoria de equipes do Ministério Público do Acre (MP-AC) encontrou algumas irregularidades no Complexo Penitenciário Rio Branco, na capital acreana. Entre os problemas identificados está a falta de iluminação na unidade.

Isso porque parte dos refletores que ajudam a iluminar o presídio estão quebrados. A vistoria é feita semanalmente pela 4ª Promotoria Criminal de Execução Penal e Fiscalização de Presídio.

O problema foi identificado na última vistoria feita na unidade e que deixa a parte de trás do presídio, o prédio administrativo, posto médico, a escola e outras áreas sem iluminação durante o período da noite.

Há ainda falta de iluminação na parte externa dos pavilhões A, B, C, D, E, O e P.

Ao G1, o promotor Tales Tranin explicou que foram identificados 23 refletores quebrados no presídio. Segundo ele, os policiais penais reclamaram da falta de iluminação.

“Temos feita a vistoria semanalmente e encontramos muita coisa errada. Os próprios policiais penais estavam reclamando, são refletores altos que iluminam bem à noite. Então, fica muito escuro sem”, destacou.

Após a inspeção, o MP-AC instaurou uma notícia de fato e pediu providências ao Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC).

A direção do Iapen-AC destacou que já iniciou o trabalho de substituição de lâmpadas nos pavilhões A, O, P e Q e segue pelos demais pavilhões afetados. Ainda segundo o instituto, o problema não se concentra em todo complexo, mas apenas na Unidade de Recolhimento Provisório (URP).

 




ÚLTIMAS