Rio Branco,

Eduardo Costa, após falência anunciada, tem mansão à venda bloqueada e verdade é exposta sobre bens: “Nada dele”

Por IG

Os famosos também estão sentindo as dificuldades da crise econômica que o Brasil se encontra. Considerado um cantor sertanejo com grandes sucessos, Eduardo Costa está enfrentando problemas financeiros devido a pandemia do novo coronavírus.

Recentemente, Eduardo Costa colocou sua mansão em Belo Horizonte, em Minas Gerais, à venda por R$ 12 milhões. No entanto, o cantor não esperava ser bloqueado pela justiça de vender o imóvel, após os antigos donos abrirem um processo contra ele.

Para realizar a compra da mansão, o artista teve que abrir mão de muitos bens para chegar na quantia em que os antigos donos queriam. De acordo com Fabiola Reipert ele deu entrada com um valor em dinheiro, uma casa, uma ferrari, uma lancha e um jetski.

O problema surgiu após os donos descobrirem que os bens não estavam no nome de Eduardo Costa. “A casa que ele deu foi construída em uma área irregular e os veículos não eram dele. Nada era dele. O imóvel está bloqueado, quem quiser comprar deverá pagar o dobro do valor”, afirmou a jornalista.

Eduardo Costa (Reprodução)
Eduardo Costa (Reprodução)

DECLARA FALÊNCIA

Eduardo Costa rompeu sua parceria ao lado do cantor, Leonardo, por conta disso, o sertanejo criou sua própria empresa. Recentemente, ele revelou em uma entrevista para o Uol sobre as dificuldades financeiras devido ao cancelamento de show na pandemia.

“Consegui manter a minha equipe. Mas se eu tiver que segurar mais um pouco, já não consigo mais. Porque todos os negócios estão em queda livre. Não é só a música, todos os meus negócios estão passando por enormes dificuldades. Uma hora essa corda vai arrebentar”, disse ele.

 

Mansão de sertanejo (Reprodução)

 




ÚLTIMAS