Rio Branco,

Depois da Globo, Receita Federal vai atrás de estrelas da Record

Imposto

Terra
- Publicidade-

Após a Globo ter visto os seus contratados na mira da Receita Federal, foi a vez da Record ter nomes do seu elenco na lista de notificações pelo suposto uso irregular do contrato de Pessoa Jurídica para sonegação de impostos.

A devassa da Receita Federal começou em 2019, mesmo ano em que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) começou o seu mandato. Contra a Globo, a Receita definiu a situação entre o canal e seus contratados de uma “organização criminosa”.

As críticas que circularam nos bastidores durante os desdobramentos do trabalho da Receita era de que a Globo era a única investigada. No entanto, além das duas estrelas da Record, funcionários de RedeTV!, SBT e Band entraram na investigação.

Há décadas, Globo e outras televisões passaram a contratar boa parte do seu elenco como PJ (Pessoa Jurídica), sem registro em carteira de trabalho. Vale destacar que o modo é uma prática feita por várias empresas do país.

 

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img