Rio Branco,

Defesa da acusada de matar grávida de Canelinha pede habeas corpus

Barbárie

Por Com informações NDmais

De acordo com a defesa da ré, Rozalba não “cumpre os requisitos para uma prisão preventiva.

O pedido de habeas corpus foi protocolado na Justiça pela defesa de Rozalba Maria Grime, acusada pelo assassinado da jovem grávida em Canelinha em agosto. O pedido foi feito nesta quinta-feira (03).

Defesa da acusada de matar grávida de Canelinha pede habeas corpus. – Foto: Anderson Coelho/ND/ ECOS

De acordo com Rodrigo Goulart, advogado de defesa de Rozalba, a ré não possui os requisitos que justificariam a prisão preventiva. “Ela não tem antecedentes, tem residência fixa, trabalho fixo”, explica.




ÚLTIMAS