Rio Branco,

Carta encontrada em presídio no Acre revela plano para matar policial penal

Plano de morte

Por O Acre Agora

Uma carta encontrada no pavilhão A do Complexo Penitenciário de Rio Branco fez com que um policial penal solicitasse proteção do estado e afastamento das funções. O texto contém ameaças de morte contra o servidor e detalhava um plano para assassiná-lo.

O presidente do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen), Arlenilson Cunha, afirma que o caso já está sendo investigado.

Segundo o presidente da Associação dos Servidores do Sistema Penitenciário do Acre (Asspen), Eden Azevedo, as informações contidas na carta estão sendo avaliadas pelo setor de inteligência do Iapen.

O policial penal ameaçado prefere não se identificar e pediu para que o texto não fosse divulgado. Ele teme pela segurança da família e pela sua própria.

Segundo a Asspen, o motivo da retaliação contra o servidor seriam as dificuldades que ele impõe aos presos. Ele impediu várias fugas do complexo penitenciário e sua conduta atrapalharia a vida dos detentos.

 




ÚLTIMAS