Rio Branco,

Fundação de Tecnologia do Acre continua a ser restaurada e promete ser mecanismo para preservação do meio ambiente

Tecnologia Restaurada

Por redação ecos da notícia

Fonte: Unsplash

Após quase um ano de promessa realizada pelo Governo do Acre, a Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac) continua em processo de restauração da sede localizada no Distrito Industrial, em Rio Branco. No mês de outubro, a agência oficial do estado afirmou que o edifício está passando por uma revitalização de toda a pavimentação interna. Essa ação pode parecer pouca, mas é importante para mostrar que o estado busca dar alguma atenção para o setor, que se mostra cada vez mais essencial para o meio ambiente.

Com mais de 30 anos de atividade, a Funtac foi deixada de lado por muito tempo em Rio Branco. Por conta disso, no final de 2019, o governador Major Rocha realizou a promessa de fazer uma reestruturação completa na instituição. Além de realizar algumas trocas na diretoria, o órgão também foi alvo de uma revitalização, que promete deixar a sede com uma estrutura cada vez melhor e com total capacidade de funcionamento.

A agência do estado confirmou, no final de setembro, que diferentes locais do edifício estão passando por uma limpeza e também por reformas. É um projeto que foi pensando em 2019, mas só agora está sendo colocado em ação. Com a casa em ordem, será possível reconhecer a importância da instituição e também utilizá-la para o bem da população acreana, principalmente com pesquisas focadas em novas tecnologias.

Uma dos pontos mais importantes da Funtac é o Centro Integrado de Geoprocessamento do Meio Ambiente (Cigma), que recebeu até uma visita do vice-presidente da República, Hamilton Mourão. O órgão tem como objetivo realizar o mapeamento da região utilizando diversas novas tecnologias, sejam drones ou então imagens de satélites. É algo essencial para agora, principalmente quando o assunto é o cuidado com o meio ambiente.

Tecnologia para a Amazônia

A floresta amazônica é um dos maiores bens naturais que o Brasil possui e, por conta disso, o combate ao desmatamento é uma prioridade para o Governo do Acre. O uso de novas tecnologias para usar nessa tarefa, e que muitas vezes podem sair de pesquisas realizadas pela Funtac, é algo essencial. Por exemplo, neste ano, o WWF Brasil doou alguns drones para organizações acreanas que trabalham com a preservação da floresta.

Fonte: Unsplash

Contudo, não são apenas os drones que podem ajudar em algumas tarefas na região. Outras tecnologias modernas, como um smartphone, um notebook e um aparelho GPS de última geração são itens essenciais para quem trabalha com meio ambiente. O desenvolvimento de ferramentas como essas são cada vez mais comuns em outras regiões, e o Acre não pode ficar para trás.

Recentemente, a Funtac apresentou algumas das novas tecnologias de gerenciamento de dados que serão utilizadas na Amazônia. O objetivo é conseguir realizar o armazenamento, a integração e atualização de todas as informações coletadas da floresta, seja através de satélites ou então de vistorias dos agentes. Ou seja, é usar as novas tecnologias para se manter atualizado das condições locais e de pontos que merecem maior atenção.

Natureza em alta

O meio ambiente virou o tema central dos últimos anos, isso não apenas no Acre ou no Brasil, mas também em todo mundo. Por exemplo, a Netflix lançou alguns documentários sobre o tema e que ganharam uma boa atenção do público, como o elogiado David Attenborough e Nosso Planeta e o Em Busca dos Corais. Até mesmo os jogos online usam a temática de natureza para chamar atenção dos jogadores. É o caso dos cassinos online, que possuem slots machines gratuitas, como a Crystal Florest e a Into the Woods, para os fãs de apostas em caça-niqueis virtuais. Alguns aplicativos de smartphone seguem no mesmo tema, como é o PlantIt: A Horta Biológica, que ensina as pessoas a plantar, a colher e a tratar um jardim usando um celular.

Não é difícil entender o motivo da natureza ser algo tão discutido atualmente. Por conta da poluição e do desmatamento em todo o mundo, a preservação do meio ambiente virou algo importante para todos os países. O Brasil é um dos pontos centrais, assim como o Acre, por conta da Amazônia. Por isso, é tão importante ver o país incentivando o uso de tecnologias para ajudar a expandir o conhecimento que possui da região.

A revitalização do Funtac pode parecer algo simples, e que serve apenas para deixa o edifício mais bonito. Entretanto, isso não é bem verdade, pois ter uma estrutura de trabalho decente é essencial para a realização de pesquisas. Com a preservação da Amazônia se transformando em algo cada vez mais prioritário, ter uma instituição acreana de alto nível na região é um sinal positivo para o assunto.




ÚLTIMAS