27 outubro 2021 12:39 am
22.3 C
Rio Branco
27 outubro 2021 12:39 am

Rio de Paz faz manifestação em Copacabana em memória aos quase 100 mil brasileiros mortos pela Covid-19

Covid-19

G1 Rio e GloboNews
- Publicidade-

A ONG Rio de Paz realiza, na manhã deste sábado (8), uma manifestação em memória aos quase 100 mil brasileiros mortos pelo novocoronavírus na Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio. O grupo também protesta e faz críticas contra a administração do poder público durante a pandemia.

Nesta sexta (7), o país atingiu o número de 99.702 mortos pelo novo coronavírus, sendo 1.058 deles nas últimas 24 horas. Só no Rio de Janeiro, mais de 14 mil mortes foram confirmadas. Em 24 horas, foram registrados 87 novos óbitos e 1.632 novos casos confirmados no estado.

Na areia da praia, 100 cruzes pretas são fixadas com balões de gás vermelhos biodegradáveis. Outros 900 balões, que simbolizam as vidas das vítimas da Covid-19, são espalhados pelo restante do local. A ação está programada das 6h às 11h. A soltura dos balões ocorre no fim do ato.

‘Vamos tocar a vida’, diz Bolsonaro sobre país atingir a marca de 100 mil mortos por coronavírus

Na última manifestação da ONG, um homem derrubou algumas cruzes e o taxista Márcio Antônio do Nascimento Silva as recolocou na areia. O novo ato conta com a participação dele, que perdeu um filho de 25 anos para a Covid-19 (confira abaixo relato do pai ao RJ2 em junho deste ano). Neste domingo (9), Márcio passará o primeiro Dia dos Pais sem o filho.

“Poder público e sociedade precisam responder a uma questão: por que somos o segundo país em número de mortos? Da resposta racional, isenta e honesta a essa pergunta dependem as mudanças pelas quais o Brasil precisa passar a fim de vivermos num país no qual a santidade da vida humana seja respeitada”, disse Antônio Carlos Costa, presidente do Rio de Paz.

O ato tem, ainda, um cartaz de quatro metros com a frase “100 MIL: Por que somos o segundo país em número de mortos?”.

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS