16 outubro 2021 3:23 pm
30.3 C
Rio Branco
16 outubro 2021 3:23 pm

Ex-presidente da Anvisa alerta para “vírus mortal terrível” da Amazônia no pós-coronavírus e causa espanto em jornalista da Globonews

Contaminação

Revista Fórum
- Publicidade-

Ex-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, o médico Gonzalo Vecina provocou espanto do jornalista José Roberto Burnier durante entrevista na manhã desta quarta-feira (5) na GloboNews ao falar da possibilidade de uma pandemia com vírus mortal da Amazônia no pós-coronavírus.

“Olha só, esse bicho veio da China porque a China invadiu onde o morcego vivia, diminuiu o espaço do morcego. E diminuindo o espaço do morcego, diminuiu o espaço do vírus. Aí o vírus pulou para um outro bicho e depois pulou para o homem. Por quê? Porque ele está querendo viver. Basicamente é isso”, disse Vecina, ao responder pergunta sobre estudos que mostram o risco de nova pandemia após o coronavírus e emendou:

“Nós estamos agredindo a Amazônia. Na Amazônia tem uma quantidade de vírus imensa. Alguns nós já conhecemos. Tem um vírus lá, chamado Sabiá, que é um vírus mortal terrível. Se ele pular para cá, nós vamos encontrar com ele ali na esquina. Então, a próxima epidemia, com o nível de agressão que estamos fazendo ao meio ambiente, já está a caminho. Então, nós temos que estar cuidando disso desde agora. E cuidar disso significa identificar esses agentes o mais cedo possível e desenvolver remédios e vacinas o mais cedo possível”, afirmou o médico.

Vecina ainda completou seu raciocínio, sobre a importância de investiver em ciência com forte crítica ao governo Jair Bolsonaro.

“Portanto, investimento em ciência continuamente, desde a base até ciência aplicada, será fundamental. Espero que nossos próximos governantes – porque desse já não falo mais – tenham essa consciência e façam esses investimentos para que estejamos preparados para a próxima crise que virá”, afirmou diante de um Burnier espantado.

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS