20 outubro 2021 2:52 pm
31.3 C
Rio Branco
20 outubro 2021 2:52 pm

Criminosos invadem bar no interior do Acre e deixam um morto e três feridos

Ithamar Souza, Ecos da Notícia
- Publicidade-

O jovem Cleberson Oliveira da Silva, de 25 anos, conhecido como Blindado, foi morto com dois tiros após criminosos invadirem um bar, na noite de sábado (8), no km 24 do Ramal da Limeira, na Vila do ‘T’, no município de Senador Guiomard, no interior do Acre. Durante a mesma ação, Alberto Barros da Silva, 48 anos, Alzair Soares dos Santos, 22, e Ismael Lucas Pinheiro, 35, foram baleados.

Segundo informações da polícia, as vítimas estavam em um bar, quando vários criminosos chegaram ao local em um carro de cor preto, desceram e efetuaram vários tiros contra as pessoas que estavam no estabelecimento. Cleberson foi alvejado com dois tiros, sendo um na cabeça e um no peito, e ainda foi golpeado no pescoço com uma faca. Ele não resistiu e morreu ainda no local.

Alberto, Alzair e Ismael também foram atingidos pelos disparos e, para não serem executados, correram para uma área de mata. Após os disparos, os grupo de criminosos ainda roubou um celular de uma vítima e um aparelho de DVR, onde ficavam armazenadas as imagens do circuito de câmeras do bar. Após a ação, os criminosos voltaram correndo para o veículo e fugiram em direção ao Ramal Encrenca.

Populares acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que quando chegou ao local, só pode atestar a morte de Cleberson. Já as outras vítimas foram socorridas e encaminhadas ao Hospital Ary Rodrigues, em Senador Guiomard, em estado de saúde estável.

A Polícia Militar esteve no local, colheu informações e tentou procurar pelos autores dos disparos, mas ninguém não foi encontrado até o momento. A área foi isolada para os trabalhos da perícia. No bar foi encontrada uma escopeta, e nos bolsos de Cleberson haviam várias munições de espingarda.

Agentes do Instituto Médico Legal (IML) recolheram o corpo do homem e levaram para a sede em Rio Branco, onde serão realizados os devidos exames cadavéricos. O caso será investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Senador Guiomard.

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS