9 dezembro 2021 8:45 am
25.3 C
Rio Branco
9 dezembro 2021 8:45 am

Projeto propõe corte de 50% no salário de deputados do AC para ações contra o novo coronavírus

G1 ACRE
-------- Continua depois da Publicidade--------

Um projeto de resolução foi apresentado, na última semana, na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) propondo a redução de 50% no salário dos deputados para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade durante a pandemia do novo coronavírus.

Nos últimos dias, o Acre registrou duas mortes em decorrência da Covid-19 em Rio Branco, e 58 casos foram confirmados nesta quarta (8).

O projeto não precisa de sanção do governo e pode ser aprovado apenas na Aleac e foi apresentado pelo deputado Gehlen Diniz. O valor seria de pelo menos R$ 9 mil de cada um dos 24 deputados, um total de mais de R$ 200 mil. O prazo de duração é de 90 dias.

“Nesse momento de pandemia, todos têm que dar uma parcela de contribuição. É muita gente passando necessidade. É o mínimo que podemos fazer, apesar de todos já estarem contribuindo nas suas bases, mas, esse é um esforço a mais”, reforça o deputado.

Destinação

A resolução prevê que o dinheiro descontado dos parlamentares seja transformado em gêneros alimentícios e repassados a entidades reconhecidas por lei como de utilidade pública para atender as pessoas que não estão trabalhando e passando necessidade.

O projeto foi protocolado na Casa e deve passar pelas comissões de Constituição e Justiça e de Orçamento.

“Se houver vontade política, isso já pode ser aprovado na próxima semana. Mas, um projeto desses encontra muita resistência. Tive o apoio de alguns parlamentares e também tem o deputado Marcos Cavalcante com um projeto semelhante”, informou.

Diniz disse ainda que a aprovação depende também do apoio popular.

“Depende muito da sociedade também que se cobrar os parlamentares, a gente consiga essa aprovação. Se a gente transformar em cestas básicas, a R$ 60 cada uma, são 3,6 mil cestas mensais”, conclui.

Covid-19 no Acre

Os oito novos casos foram registrados nesta quarta, seis em Rio Branco, um no Bujari e outro em Plácido de Castro.

Antônia Holanda, de 79 anos, e Maria Lúcia Pismel de Paula, de 75, morreram na segunda (6) e terça-feira (9) por complicações da Covid-19.

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS